top of page
Buscar

Almoço Temático da Skål São Paulo aborda Turismo Rodoviário no Brasil

Atualizado: 3 de jun.

No último dia 16 de maio, com apoio do Hotel Pestana São Paulo, realizou-se o já tradicional Almoço Temático da Skål Internacional São Paulo. Na oportunidade, o mote do encontro focalizou o tema ‘Turismo Rodoviário no Brasil: Oportunidades e Desafios’. Com mediação do Skålega Auro Nardelli Wandermüren, CEO da Paxtour Mobilidade Corporativa, compuseram o painel Deomar Assunção, CEO da Squad e Fábio Pontes, Secretário Municipal de Turismo de Brotas (SP).


Aristides de La Plata Cury, presidente da Skål Internacional São Paulo, fez menção à relevância setorial dos presentes e destacou Regina da Rocha, diretora executiva da FRESP – Federação das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo.


Em seguida, Aristides Cury pediu que Luciane Leite, secretária executiva da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, comentasse a iniciativa do secretário Roberto de Lucena de oferecer ajuda ao Rio Grande do Sul, por meio do Fundo Social de Solidariedade.




Luciane Leite enfatizou a importância do trabalho desenvolvido pela primeira dama, Cristiane Freitas, que assegura a logística de transporte das doações físicas e vai além: envia um capital humano qualificado para contribuir nas áreas de segurança, saúde e administração, entre outras.


Carlos Prado, presidente do Conselho de Administração da Skål Internacional São Paulo, emocionado, comenta que a retomada do Supera Turismo, agora voltado para o Rio Grande do Sul, é fruto de uma decisão unânime dos integrantes do Conselho Gestor.


Prado informa que seu sócio, Marcos Fernando, a partir da compra de uma lancha financiada por ele, estava ajudando a transportar pessoas ilhadas e a distribuir alimento, água e produtos de higiene pessoal aos necessitados. E exibiu o primeiro vídeo lançado pelo movimento Supera Turismo Rio Grande do Sul.


Contexto histórico


Auro Nardelli, ao abrir o painel temático ‘Turismo Rodoviário no Brasil: Oportunidades e Desafios’, discorreu sobre a evolução histórica do turismo rodoviário no Brasil. Mencionou o então Presidente da República, Juscelino Kubitschek, que implantou, de forma maciça, o Transporte Rodoviário. Durante os governos militares, o modal rodoviário ganhou mais intensidade.


Squad


Deomar Assunção contextualizou a Squad no Grupo Águia Branca, fundado em 1946 e que hoje atua em todo o Brasil. Possui mais de 600 ônibus; dez mil clientes; 350 linhas estaduais e intermunicipais; 20 garagens próprias e mais de 12 mil colaboradores. Squad é Integrante da Divisão de Passageiros, onde também está a Viação Águia Branca, Agaxtur Viagens, Águia Flex e a mais nova integrante We Safety – empresa que concentra a expertise do Grupo e presta serviços de consultoria em segurança para o setor como um todo.


“A Squad, assim como as outras empresas do Grupo Águia Branca, são frutos de um contínuo processo de evolução, que se confunde com a própria história do setor no mercado brasileiro”, diz Deomar Assunção. Acrescenta que a Squad registrou um salto de 414 mil passageiros transportados em 2019, para 769 mil em 2024 (aumento de 83%), sendo que 60% das vendas realizadas por agências de viagens. Squad prevê crescer mais 40%, este ano.


Os impactos do Turismo na Economia de Brotas


Desde de 2017 em Brotas, quando chegou no município, Fábio Pontes, secretário municipal de Turismo de Brotas, encontrou uma cidade onde a sociedade civil estava organizada. Porém, sem sinergia com o poder público municipal. “Deixei de ser secretário de Turismo de Águas de São Pedro (case de sucesso no setor) e fui para Brotas assumir a Secretaria de Turismo”.


E continua: “A primeira coisa que eu ouvi, da iniciativa privada foi: ‘não queremos ônibus aqui na cidade’. Puro preconceito. Quando disseram ‘não queremos ônibus’, leia-se ‘não queremos farofeiros na cidade’. Hoje, Brotas recebe vários ônibus, graças ao Plano Diretor de Turismo elaborado em 2018, que foi organizado a partir da definição do perfil do público desejado por todos e tendo claro que a vocação do destino é o ecoturismo”.


Fábio Pontes diz que “todo orçamento de Brotas, em 2017, era de R$ 70 milhões. Hoje, está em R$ 180 milhões, sem que tenha sido aberta qualquer indústria. Tudo provém do Turismo. Isso beneficia a população como um todo (25 mil habitantes); permitiu consolidar a imagem da cidade como capital nacional do turismo de aventura, com geração de 3.100 empregos diretos e a chegada de 600 mil turistas, no ano passado”.

No link, edição de vídeo (de 9´) produzido pelo canal NGT TV. Matéria faz um breve resumo do evento e inclui entrevistas com organizadores, debatedores e participantes do 1º Almoço Temático da Skål Internacional São Paulo em 2024.



28 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page