top of page
Buscar

Viagens e Turismo com propósito transformam o mundo


*Walter Teixeira


A sigla ESG: Environmental (Meio ambiente); Social e Governance (Governança) está no DNA da rede colaborativa Skål Internacional, conectada a mais de 12 mil profissionais que atuam há mais de cinco anos em posição de liderança; seja qual for o ramo da atividade econômica impactada pela crescente demanda por Viagens e Turismo realizadas com responsabilidade ambiental, socialmente justas e economicamente viáveis.

Quando pautados no tripé da sustentabilidade, independentemente do motivo – lazer, aventura, romance, descanso, negócios, saúde, entre muitos outros – os viajantes consomem produtos e serviços, que geram postos de trabalho, renda e receita tributária. Bem tratar quem nos visita e se hospeda, ao menos uma noite, o turista, é tudo de bom para quem mora, investe e administra o destino com base nos pilares do ESG.

Latino-americanos sabem bem-receber. No caso do Brasil, formos o povo hospitaleiro melhor avaliado por estrangeiros que costumam frequentar as Copas e Olimpíadas. Falta, entretanto, que os brasileiros encontrem nos países latinos e, em especial, nos situados nas américas, inspiração para a quebra do complexo de cachorro vira-latas.

É fundamental saber reconhecer o valor turístico cultural das mais de 350 etnias de matriz indígena, existentes junto aos povos originários, e valorizar a negritude de origem africana, que evidencia-se na diversidade de manifestações culturais que compõem a alma da Nação. Por isso, ser inclusivo, combater o racismo e praticar medidas efetivas de equidade de gêneros também responde aos nossos propósitos, alinhados às palavras ditas por Eduardo Sanovicz, skålega escolhido para ser homenageado com o Troféu Mérito Skål Internacional São Paulo.

O evento Bem-Receber Skål Internacional São Paulo, realizado durante e com o apoio da feira de negócios WTM LA, retratado na matéria de capa desta edição, reuniu forças continentais e apoios de valor inestimável à consecução dos 17 ODSs, que nos une. Países como Argentina, Colômbia, México, Peru e Brasil, que estiveram tão bem representados neste ano, concordam.

No dia 3 de abril de 2024, data reservada à próxima edição do Bem-Receber Skål Internacional, vamos ampliar a participação de mais especialistas dedicados à promoção turística de outros países latino-americanos. Parafraseando o mestre Mario Beni, a conexão entre poder público, iniciativa privada e terceiro setor visa a formação de clusters turísticos cada vez mais competitivos no cenário global.

Finalizo com o registro dos nossos reiterados agradecimentos às autoridades públicas, aos empresários, jornalistas e profissionais que, direta e indiretamente, contribuem com o sucesso das iniciativas propostas pela Skål Internacional no Brasil e nos mais de 300 clubes constituídos em cerca de 100 países. Boa leitura!

Walter Teixeira Presidente da Skål Internacional São Paulo


0 visualização0 comentário
bottom of page