top of page
Buscar

Skål International recebe reconhecimento deZurab Pololikashvili, Secretário Geral da OMT

Hulya Aslantas, Presidente da Skål International 2009 e atual representante da Skål International na OMT, recebeu o prêmio em nome da organização durante a cerimônia de premiação que ocorreu em 16 de outubro de 2023 na 44ª Sessão Plenária dos Membros Afiliados da OMT, durante a 25ª reunião da Assembleia Geral da OMT em Samarcanda, Uzbequistão


Sr. Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da OMT, e Hulya Aslantas,

Presidente da Skål International 2009 e atual representante da Skål International na OMT, durante a cerimônia de premiação


Este prémio reconhece os anos de trabalho da Skål International dentro dos OMT, um espaço de trabalho onde o setor privado partilha, debate e propõe iniciativas para melhorar a competitividade e a sustentabilidade do turismo em todo o mundo.

A Skål International é membro afiliado da Organização Mundial do Turismo (OMT) desde 1984. A partir desta organização, trabalha para contribuir por um turismo mais sustentável.


Com a experiência dos seus mais de 12.000 profissionais, gestores de turismo e dos seus diferentes setores, a Skål International proporcionou uma perspectiva multidisciplinar, ao longo destes 30 anos, de odo a enfrentar os desafios e oportunidades que surgiram para o turismo nestas décadas.


Para Walter Teixeira, presidente da Skål Internacional São Paulo (foto), “o reconhecimento é justo e fortalece a representatividade da entidade que, cada vez mais, desempenha relevante papel setorial em âmbito global”.


O compromisso da Skål International com as iniciativas globais da ONU também se reflete no apoio à Iniciativa ST-EP (Turismo Sustentável para a Eliminação da Pobreza) da OMT, lançada em 2002, bem como na assinatura do Código em 2015. O Código de Ética Global para o Turismo da OMT constitui um conjunto abrangente de princípios concebidos para orientar os principais intervenientes no desenvolvimento do turismo.


A entidade também é signatária dos Memorandos de Entendimento, com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e com a própria OMT, em 2009 e 2014, respectivamente.





19 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page