top of page
Buscar

Capital fluminense alcançou 98% de ocupação hoteleira na noite da virada.


Capital fluminense alcançou 98% de ocupação hoteleira na noite da virada. Interior registrou média de 91,71% no Réveillon. Desempenho do setor é resultado de projetos criados pelo secretário Sávio Neves à frente da Secretaria Estadual de Turismo que promoveram o Estado do Rio como destino nacional e internacional

Por Arnaldo Moreira


O excelente trabalho realizado pelo ex-secretário de Estado de Turismo, Sávio Neves, resultou no excelente desempenho que o setor esperava nesta virada de ano. O Réveillon foi de casa cheia nos hotéis do Rio, registrando 98% de ocupação na noite do dia 31 de dezembro de 2022 para o dia 1º de janeiro de 2023. Os dados são do Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (HotéisRIO), alcançando patamar da pré-pandemia.

Anunciado como a maior celebração da virada de todos os tempos, o Réveillon na capital do estado animou as projeções de recuperação do setor para a alta temporada em razão das inúmeras ações feitas pelo ex-secretário de Estado de Turismo, Sávio Neves, em mercados emissores de viajantes. Ao longo dos últimos meses, projetos como o “Rio é de Vocês!”, realizado em 13 cidades (no Brasil e na América Latina), além da participação do estado em feiras nacionais e internacionais, projetaram o estado do Rio de Janeiro e suas 12 regiões turísticas para a alta da estação.


Arraial do Cabo foi o destino mais procurado do interior A pesquisa do interior, feita em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Rio de Janeiro (ABIH-RJ), contou com a participação de 14 municípios, registrando 91,71% de média no Réveillon. Arraial do Cabo (98,40%) lidera a lista, seguido de Itatiaia/Penedo (97,20%), Cabo Frio (94,70%), Armação dos Búzios (94,50%), Paraty (94,30%), Miguel Pereira (94%), Angra dos Reis (93,50%), Teresópolis (90,40%), Vassouras (89,80%), Petrópolis (89,60%), Nova Friburgo (88,60%), Valença/ Conservatória (88%), Macaé (86%) e Rio das Ostras (85%).

– Já esperávamos um bom desempenho, graças ao arrefecimento da pandemia e ao trabalho de promoção que os players do turismo fizeram ao longo deste ano, promovendo a retomada do turismo no Estado do Rio de Janeiro – afirmou o presidente do HotéisRIO, Alfredo Lopes. Ele destacou o retorno dos turistas estrangeiros, principalmente norte-americanos e europeus.


Maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos Outro destaque da alta estação é a temporada de cruzeiros 2022-2023, que já está em pleno vapor. Esta já é a maior dos últimos 10 anos, com quase seis meses de duração e mais de 780 mil leitos ofertados. Em todo o Estado do Rio de Janeiro, serão recebidos cerca de 1.023.182 cruzeiristas e 317.635 tripulantes. No interior, Paraty, na região turística Costa Verde, é o novo destino da temporada no estado e começa recebendo navios de longo curso. São esperados cerca de 5.717 cruzeiristas. Búzios, Angra dos Reis, Cabo Frio e Ilha Grande seguirão recebendo passageiros.

Na Costa Verde, em Angra dos Reis, os indicadores também são positivos. Lá, mais quatro transatlânticos chegam à cidade e superam expectativas. Os efeitos positivos para a economia fluminense ultrapassam R$ 1 bilhão.

1 visualização0 comentário

Комментарии


bottom of page